Início > Procedimentos > Varicocelectomia

Varicocelectomia


Varicocele são varizes das veias testiculares, usualmente à esquerda e eventualmente bilateral, devido a uma incompetência vascular para levar o sangue do testículo para cima de volta ao coração. Devido a essa incompetência, o sangue reflui e fica estagnado em torno do testículo em veias dilatadas elevando a temperatura testicular. Os testículos são localizados no escroto para ficar a uma temperatura de 2 a 4 graus menor que a temperatura corpórea, que é a temperatura sob a qual o testículo melhor funciona.

Quando há um aumento da temperatura, as células germinativas, que originam os espermatozoides, sofrem um dano com consequente alteração nos parâmetros seminais do espermograma. Entretanto, nem sempre a varicocele causa danos ao testículo.

A indicação de tratamento, que é sempre cirúrgica, se dá em três situações. Quando há uma diminuição dos parâmetros seminais, quando existe uma diminuição do tamanho testicular ou quando se detecta a dor testicular. Caso não haja nenhum destes sinais ou sintomas, o procedimento cirúrgico não é necessário, fazendo-se então somente o acompanhamento clínico para detectar precocemente qualquer alteração.  


Disponível em

Belo Horizonte

(31) 3292.5299

Pouso Alegre

(35) 3422-9302

Entre em Contato

Fale Conosco
Agende Consulta
Etapas Preparo Pós Procedimento Dúvidas Frequentes
Procedimento realizado em regime de hospital-dia, ou seja, alta no mesmo dia da cirurgia, utilizando microscópio cirúrgico, anestesia utilizada e um bloqueio (raquianestesia ou anestesia peridural). A duração da cirurgia é em torno de uma hora e meia.

Etapa 01
Incisão
Uma incisão é feita na região da virilha esquerda ou bilateralmente, dependendo se a varicocele e uni ou bilateral.














Etapa 02
cordão espermáticoO cordão espermático é exteriorizado e, com o uso de um microscópio cirúrgico e de um micro-doppler, a(s) artérias testicular(es) é(são) identificada(s) e preservada(s). Também são identificados e preservados o ducto deferente e os vasos linfáticos que evitam o aparecimento de hidrocele, acúmulo de líquido ao redor do testículo, no pós-operatório.











Etapa 03
Cordão espermáticoTodas as veias do cordão são ligadas e seccionadas para evitar o refluxo de sangue para o testículo. O testículo também é exteriorizado para identificar veias perfurantes e gubernaculares que são responsáveis por 25% das falhas desta cirurgia se não identificadas e ligadas.
O tempo de recuperação para retorno ao trabalho e em torno de 5 dias.







Curta a nossa página

Acompanhe as novidades na página do Facebook

Veja nosso vídeo Institucional

Conheça a PRÓ-CRIAR

Belo Horizonte
(31) 3292-5299 / (31) 2533-3800
Pouso Alegre
(35) 3422-9302
Desenvolvido por ACESSOWEB DESIGN